OMISSÃO




Caríssimos irmãos em Cristo Jesus
Creio que vivemos nos dias de hoje, como Cristãos que somos uma série de riscos, diversos projetos políticos de caráter laicistas, afrontam diretamente a família a igreja e a vida.
São ataques planejados, sistemáticos e dissimulados que seguem uma agenda clara, destruir a família e a igreja, por meio de projetos de lei, que cerceiam nossa liberdade religiosa, ou de como educar nossos filhos, ou até mesmo pretendendo decretar a morte de quem ainda está no ventre, vão semeando a destruição de todos os valores que constroem uma sociedade humana.
Será que estamos cegos, ou surdos, ou somente mudos?
Afinal não nos mobilizamos, para lutar contra o mal, que esta ai batendo a nossa porta, não abrimos a boca.
Ao invés de tomarmos postura de unidade de amor e de fortaleza e nos posicionarmos juntos contra tudo isso como é o desejo de nosso Senhor e rei Jesus Cristo, ainda teimamos em achar que não é com a gente.
Omissão eis o nome do nosso pecado, uma omissão egoísta de quem espera que os outros façam algo, omissão narcisista daqueles que só se importam consigo mesmo, omissão burra daqueles que pensam que é a igreja que tem que fazer alguma coisa e se esquecem de nós somos a igreja.
Filhos amados do Deus Altíssimo, nós não podemos nos esconder, enquanto no mundo inteiro milhares de Cristão estão sendo martirizados hoje.

O sociólogo Massimo Introvgne baseado num trabalho estatístico de David Barret calcula que “Desde Jesus Cristo até o ano 2000 houve 70 milhões de martírios de cristãos, dos quais 45 milhões só no século XX”e David Barrett.
Introvigne é o representante da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) para a luta contra o racismo, a xenofobia e a discriminação.
O espantoso ritmo do massacre continuou no patamar de 160 mil cristãos por ano na primeira década do século XXI.
A estimativa para 2011 é de 105 mil mártires, um a cada 5 minutos. Equivale, portanto, ao desaparecimento anual de uma cidade com essa população.

FONTE: Repórter de Cristo - Leia mais: http://reporterdecristo.com/cada-5-minutos-um-cristao-e-martirizado-mundo/ #ixzz1o29FviL4


Nós não podemos viver em nossos pequenos mundinhos disputando na igreja uns com os outros, por poder, status, posições, irmão contra irmão, ódio, inveja disputas fofocas, nós não podemos ser um reino dividido, Jesus nos quer juntos unidos como Ele e o Pai são um devemos também ser um, (Para que todos sejam um, assim como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, para que também eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste.) João17,21
Um só corpo uma só igreja um só rebanho que ouve a voz de um só Pastor.
Agora irmão se você persegue seus irmãos na igreja, ou persegue seu padre, ou seus coordenadores, com criticas, destrutivas, com maldade, e rancor, eu lhe pergunto que Cristão é você? Qual é a voz que você ouve?
Pois é certo que não tem sido a do pastor verdadeiro, pois quem ouve a voz de Jesus responde ao seu chamado com atos de amor, humildade, e generosidade o cristão se reconhece pelas atitudes, e também pelas atitudes se reconhece aqueles que não fazem a menor idéia do que é ser cristão. (As minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço e elas me seguem.) João 10,27
Ouçam a voz de Jesus é chegada a hora, o mal graça a nossa porta precisamos ser igreja, ser de Deus esquecendo de nós mesmos e pensado no próximo, se eu e você não testemunharmos Jesus Cristo como nossas vidas, com direito nos chamaremos cristãos?

Marcio M. Matos