O Sacramento da Reconciliação

Sem dúvida alguma, os maiores presentes Jesus para sua Igreja são os sacramentos, cujo termo significa sinal sensível e visível da presença de Deus. Entre os sete sacramentos, que foram instituídos por Nosso Senhor Jesus Cristo, está o Sacramento da Reconciliação ou da Confissão.
Através deste sacramento, o fiel arrependido reconhece os seus pecados diante de um sacerdote e recebe o perdão de Deus e a reconciliação com a Igreja. Algumas pessoas costumam se perguntar: Por que me confessar com um padre que é um ser humano sujeito as mesmas más inclinações que eu? Vejamos o que nos ensina a Sagrada Escritura:
O texto da Carta de São Tiago 5, 16 nos diz: “Confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros para serdes curados”.
Percebemos neste versículo a ordem expressa de confessar nossos pecados uns com os outros. No entanto, se você resolver se confessar com um amigo, isto será apenas um desabado ou uma partilha. Agora, se você procurar alguém que recebeu de Jesus a autoridade para absolvê-lo em Seu nome, neste caso, isto sim é confissão.
A Bíblia continua nos orientando em João 20, 19-23: “Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor. Disse-lhes outra vez: ‘A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós’. Depois destas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: ‘Recebei o Espírito Santo’. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos”.
Observamos que, aos seus discípulos, o Senhor Jesus conferiu autoridade para perdoar os pecados, esta mesma autoridade através da sucessão apostólica, foi repassada aos nossos padres. Assim, quando você procura um sacerdote para se confessar, através do Sacramento da Ordem, ele representa o próprio Jesus Cristo, que te absolve dos seus pecados e te dá uma vida nova.
O confessionário é o único tribunal do mundo, onde você se declara culpado e sai absolvido. Por isso, quero convidar-lhe, neste mês, a tomar posse deste presente de Jesus Misericordioso. Procure um sacerdote e se confesse, receba o perdão de Deus, e reconciliação com a Igreja.

Lázaro Praxedes
Núcleo Nacional do Ministério de Pregação
Fonte:http://www.rccbrasil.org.br/espiritualidade-e-formacao/mais-lidas-artigos/1172-o-sacramento-da-reconciliacao.html